O slogan da primeira campanha global do McDonald’s no Brasil não foi uma tradução literal, e por isso foi um sucesso

Uma boa tradução captura o espírito de um texto sem segui-lo à risca. Ele captura a energia, a textura e a voz do texto de origem e as replica na tradução, valendo-se de todos os recursos do idioma de destino. Uma boa tradução transmite o que está escrito nas entrelinhas, e foi o que aconteceu em 2003. A campanha com o slogan “I’m lovin’ it” foi lançada em Munique, na Alemanha. Esta foi a primeira campanha global do McDonalds e teve como objetivo reter seus clientes em todo o mundo e definir um posicionamento de marca. E eis o que aconteceu:

2
“Amo Muito Tudo Isso” (“I’m loving it”, em inglês) é marca registrada do McDonald’s

Para aqueles que não estão familiarizados com o assunto “como-fazer-publicidade”, aqui vão alguns conceitos básicos, explicados de forma dinâmica: O posicionamento da marca é como o consumidor vê um determinado produto. É responsabilidade dos anunciantes garantir que o posicionamento de uma marca seja positivo. Para que isso aconteça, são desenvolvidas estratégias de marketing e slogans. Se considerarmos que uma campanha publicitária é uma narrativa (uma história) podemos considerar que o slogan é o resultado, o “gran finale”!

Normalmente é necessário escrever dezenas ou centenas de slogans para chegar a um bom resultado. Para ser criativo na escrita, os anunciantes devem realmente dominar uma linguagem para produzir textos inventivos e originais. Assim, para uma campanha global, depois de escrever centenas de slogans tentando encontrar o melhor resultado, também é necessário traduzi-los adequadamente em vários idiomas. Afinal, as traduções dos slogans nem sempre são literais.

Quando a campanha foi lançada, havia muitas dúvidas sobre sua eficácia. Um slogan global poderia levar em conta diferentes aspectos de diferentes culturas? Hoje sabemos que sim, a campanha foi eficaz. No entanto, “Amo muito tudo isso”, slogan do McDonalds no Brasil, ultrapassou a publicidade do McDonalds e acabou como “títulos de álbuns” nos perfis das redes sociais! A versão brasileira não foi uma tradução literal* de “I’m lovin’ it”, o correto seria “estou amando isso”. Mas teria sido tão popular quanto “Amo muito tudo isso”? Talvez não.

O slogan não foi traduzido para o dinamarquês, sueco ou italiano. Nesses países o slogan é em inglês, em alguns casos é porque as traduções não têm o mesmo significado da frase original. Ou simplesmente porque nesses países o número de pessoas que falam inglês é maior se comparado a outros países.

Abaixo você pode ver mais algumas traduções de slogans do McDonalds:

Espanhol: Me encanta;
Frances: C’est tout ce que j’aime;
Alemão: Ich liebe es;
Swahili: Ninaipenda;
Russo:
вот что я люблю;
Turco: işte bunu seviyorum.

8 características de um grande tradutor:

Especialização Linguística. …
Valorização de outras culturas. …
Consciência da Evolução da Linguagem. …
Área de especialização. …
Atenção aos detalhes. …
Capacidade de Aceitar Críticas. …
Habilidades de gestão de tempo. …
Paixão pela Linguagem.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s