Inglês americano ou britânico? Nenhum dos dois…

Ter uma pronúncia impecável em inglês era um pré-requisito importante no aprendizado do idioma. Era, não é mais.

Veja o feedback que esta nativa* de Birmingham recebeu depois de fazer um simulado para o teste do  Cambridge English: Proficiency (CPE), a qualificação mais avançada que comprova que você se comunica com competência no mais alto nível de domínio do idioma:

*Fonte: Tik Tok
*Direitos autorias: jessicaribeiroparish

Apresentamos o “Inglês Padrão”? Trata-se da padronização do idioma inglês, é claro, porque há mais de um “idioma inglês”! Já há alguns anos, linguistas entendem que o inglês deixou de ser um segundo idioma para se tornar um instrumento global de comunicação. Aceita-se, portanto, que haja um “idioma” inglês falado nos Estados Unidos e regionalmente dentro dele, que é um pouco diferente daquele na Inglaterra, África do Sul, Austrália, India e praticamente em todos os países. Em breve, cada país terá seu próprio idioma inglês e o Brasil se inclui nessa lista. Em alguns anos, quando alguém perguntar se o seu inglês é americano ou britânico, você poderá responder que nenhum dos dois, ou um pouco de ambos, ou uma mistura de vários! Se o seu inglês é brasileiro, não haverá nada de errado com isso, pelo contrário, servirá como identidade de nossa origem cultural. Qual sotaque estudar? A escolha é sua!

Aliás, a padronização do inglês já é uma realidade. Muitas empresas tentam lidar com essa questão através da imposição de uma versão simplificada do inglês nas comunicações internas, como uma tentativa de nivelar o terreno e dar a ambos nativos e não-nativos oportunidades iguais de se expressarem e de serem compreendidos. Apesar dos esforços esta estratégia pode causar mais frustração do que de fato ajudar. Não-nativos podem se sentir subestimados enquanto que os nativos podem se sentir inadequados ao expressar ideias abstratas, usando uma linguagem infantilizada. Nas comunicações não-oficiais, as pessoas ainda preferem expressões idiomáticas e coloquiais, que muitas vezes deixam os não-nativos de fora do círculo social. As competências linguísticas e estilos de comunicação mal interpretados por colegas de trabalho podem levar a uma exclusão ainda maior, criando um ambiente de trabalho fragmentado, onde os falantes nativos são uma parte e os não-nativos (independentemente da sua origem) a outra. O ponto de equilíbrio é se comunicar, debater ideais e se fazer entender através de uma comunicação objetiva, sem traumas.

Portanto, faz-se necessário gerenciar a diversidade linguística através de cursos de idiomas contextualizados levando-se em consideração a cultura local. Mais ainda, se há diferenças individualizadas no aprendizado do idioma e características peculiares para cada pessoa, as escolas deveriam respeitá-las, personalizando os cursos sempre que possível, e caberia às consultorias de gestão  educacionais “traduzir” o ROI – Retorno Sobre o Investimento – dos diversos tipos de aprendizado em um padrão que todos entendam.

Há ainda outro fator importante que vem a ser a participação das empresas no desenvolvimento dessa competência. Pesquisas recentes indicam que os cursos de idiomas tem alto custo o que acaba limitando o acesso aos mesmos; nem todos têm a oportunidade de inclusão no mundo globalizado proporcionada pelo aprendizado do inglês. Já discutimos essa questão no artigo “Requisito nos processos de seleção, o inglês está dando o que falar” .

Onde encontrar mais informações sobre o aprendizado de idiomas?
BIRD GEI | Consultoria e Gestão de Idiomas  é uma consultoria de gestão de programas de idiomas para empresas. Disponibilizamos artigos com as melhores práticas para que todos os “stakeholders” possam atingir resultados mais eficazes na capacitação em idiomas. O acesso ao conteúdo é direto, não tem publicidade ou pop-ups, é gratuito e está dividido em categorias tornando a navegação mais fácil e eficiente. 

BIRD GEI | Consultoria e Gestão de Idiomas
BENCHMARKING (birdgei.com)
Blog (birdgei.com)

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s